Televisão

André Ventura chama "cobardolas" a Ricardo Araújo Pereira

Rui Pedro Pereira

Catarina Martins, do BE, no programa especial legislativas de Ricardo Araújo Pereira

O líder do Chega não vai estar nas entrevistas sobre as Legislativas conduzidas pelo humorista na SIC. André Ventura já reagiu publicamente e chamou "cobardolas" a Ricardo Araújo Pereira.

Está ao rubro a "guerra" entre Ricardo Araújo Pereira (RAP) e André Ventura, com picardias tornadas públicas através da comunicação social. Tudo começou ainda no final da semana passada, quando se soube que o líder do Chega não estava entre os entrevistados do humorista nos programas diários sobre as eleições legislativas de 30 de janeiro.

Depois de um fim de semana de silêncio, RAP falou sobre o conteúdo dos programas diários de "Isto É Gozar Com Quem Trabalha", logo a seguir ao "Jornal da Noite". Em entrevista ao "E-Especial", da SIC, o também argumentista explicou porque André Ventura não vai ao programa. "Não vem porque eu não quero, e não há mais nada a dizer", defendeu o humorista, que apelidou ainda o líder do Chega de "resmungão" pelas constantes críticas de "que nunca é convidado".

André Ventura não perdeu tempo. Se RAP escolheu as câmaras de televisão para defender o seu ponto de vista, o também advogado reagiu no Twitter: "O apresentador é um cobardolas vendido ao sistema, e tem medo de ser desmontado ao vivo e em direto", pode ler-se na rede social de André Ventura.

Vitorino Silva e Catarina Martins foram os primeiros convidados de Ricardo Araújo Pereira.