Economia

Ex-secretário de Estado orgulhoso por "ter trabalhado em programas fundamentais"

JN/Agências

João Neves, secretário de Estado da Economia cessante

Foto Rita Chantre / Global Imagens

O secretário de Estado da Economia cessante, João Neves, mostrou-se, esta terça-feira, orgulhoso por "ter trabalhado em programas fundamentais" para a mudança do perfil da economia do país, realçando que foi uma honra trabalhar com o primeiro-ministro.

"Ao cessar funções enquanto secretário de Estado da Economia nos últimos quatro anos orgulho-me de ter sempre procurado sempre servir a República Portuguesa em prol da economia nacional", escreveu João Neves numa mensagem publicada na rede social LinkedIn.

Para o ex-secretário de Estado, "foi uma honra trabalhar sob a direção do primeiro-ministro, António Costa, ao lado das empresas, das associações empresariais e da indústria do nosso país".

"O perfil de especialização da nossa economia está a mudar. Muito me orgulha poder ter trabalhado em programas fundamentais para essa mudança", sublinhou.

João Neves acrescentou que a sua esperança "no futuro da economia não se esgota aqui" e que deverá estar "assente no conhecimento, na inovação, no talento e na capacidade das empresas" portuguesas se internacionalizarem.

O primeiro-ministro mudou hoje dois dos três secretários de Estado na tutela do ministro da Economia e escolheu António Mendonça Mendes para seu secretário de Estado Adjunto, lê-se numa nota na página da Presidência da República na Internet.

"O Presidente da República aceitou hoje as propostas do Primeiro-Ministro de exoneração de três secretários de Estado: dos Assuntos Fiscais, da Economia, e do Turismo, Comércio e Serviços, bem com as seguintes propostas de nomeação", refere a nota.

Pedro Cilínio substitui João Neves como secretário de Estado da Economia.

Relacionadas