Pandemia

Quase 34 mil casos de covid-19 na segunda-feira

Joana Amorim

Novas infeções aumentaram 58% na última semana

Foto Artur Machado / Global Imagens

É o valor mais alto desde 8 de fevereiro deste ano, quando o país iniciava a descida da explosão de casos verificada em janeiro.

Portugal contabilizou, na passada segunda-feira, 33939 novas infeções por SARS-CoV-2. É o valor mais alto desde 8 de fevereiro, quando o país iniciava a descida da explosão de casos verificada em janeiro - com um máximo de 65907 no dia 26 daquele mês - e que levou à imposição de uma semana de contenção após o Ano Novo. Neste momento, a média diária de casos a sete dias está nos 22500, numa subida de 58%.

Escalada que segue a maior ritmo na região Norte. De acordo com dados facultados ao JN pelo matemático Óscar Felgueiras, na semana passada a média diária de casos a sete dias no Norte aumentou 85%, para os 8123, respondendo assim por 40% das novas infeções diárias naquele período.

Seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo (LVT), com um crescimento de 60%. Na mesma linha segue o R, indicador que mede o grau de transmissibilidade do vírus, tendo ultrapassado os 1,3 na região nortenha, sendo o valor mais elevado deste ano. Com tendência crescente, o R nacional estava, a 11 de maio, nos 1,24, o valor mais alto desde 4 de janeiro deste ano.

Conforme o JN noticiou na segunda-feira, o aumento é agora transversal a todas as faixas etárias, estando mesmo a bater máximos nas mais avançadas. Na faixa 70-79 anos ultrapassou já o histórico de incidência semanal. Excetuando a faixa abaixo dos 9 anos de idade, todas as restantes registaram aumentos, na semana passada, superiores a 50%.

Relacionadas