Prémio Tágides 2021

Rui Pinto indicado para prémio na luta anti-corrupção

Catarina Paço Rodrigues

Rui Pinto

Foto Getty Images/afp

Foi divulgada este domingo a lista de 14 personalidades portuguesas, selecionadas pela sociedade civil, para o Prémio Tágides 2021. Trata-se do primeiro prémio anticorrupção em Portugal, com cinco categorias. Os vencedores serão conhecidos a 15 de dezembro e entre os nomeados está Rui Pinto, o hacker que denunciou o Football Leaks.

As magistradas Joana Marques Vidal (ex-procuradora geral da República) e Maria José Morgado (ex-diretora do Departamento Central de Investigação e Ação Penal) estão nomeadas em duas categorias. Joana Marques Vidal é nomeada nas categorias Iniciativa Política e Projeto da Sociedade Civil e Maria José Morgado é nomeada na categoria Iniciativa Política e na categoria Projeto de Investigação.

Na categoria Iniciativa Política, os nomeados são a procuradora Ana Carla Almeida, o antigo presidente da República Ramalho Eanes e o hacker Rui Pinto.

No que toca à categoria do Projeto da Sociedade Civil, foram nomeados, para além de Joana Marques Vidal, Álvaro Beleza, António João Maia (membro do Observatório de Economia e Gestão de Fraude), Álvaro Santos Pereira (antigo ministro da Economia) e Carlos Guimarães Pinto (ex-líder da Iniciativa Liberal).

Na categoria Iniciativa Empresarial, os nomeados são António Silvestre, Rui Nabeiro (presidente da Delta Cafés) e Vasco de Mello (presidente da José de Mello Saúde). Sob a categoria Projeto de Investigação, encontram-se, para além de Maria José Morgado, Carlos Lima (sub-diretor da revista Sábado) e José Gomes Ferreira (jornalista).

Iniciativa Política, Projeto da Sociedade Civil, Iniciativa Empresarial, Projeto de Investigação e Iniciativa Jovem são as cinco categorias incluídas no prémio Tágides 2021 que tem como objetivo premiar pessoas que inspiram o combate à corrupção. 14 personalidades portuguesas foram nomeadas, através do site, em todas as categorias, à exceção da última: a Iniciativa Jovem.

Não foi indicada nenhuma personalidade para a categoria Iniciativa Jovem porque, segundo o comunicado, "os argumentos apresentados nas nomeações submetidas não refletem de forma suficiente a verdadeira essência e o rigor de um prémio com esta relevância. Por uma questão de exigência espera-se que esta decisão sirva como estímulo adicional para que, no próximo ano, mais pessoas façam nomeações".

No dia 15 de dezembro, na fundação Champalimaud, serão conhecidos os vencedores do prémio que conta com o alto patrocínio do presidente da República.

O "Prémio Tágides 2021" é uma iniciativa promovida pela "All 4 Integrity" para identificar, reconhecer, celebrar e premiar o trabalho de uma pessoa ou várias pessoas na prevenção e luta contra a corrupção em Portugal.

Este prémio pretende disseminar por entre todos os portugueses a reflexão sobre este tema, estimular a colaboração em torno de experiências e soluções para a prevenção e combate da corrupção, e promover a integridade e transparência em todos os setores da sociedade.