Boletim DGS

Terceiro dia consecutivo com mais de 20 mortes por covid

JN

Nas últimas 24 horas recuperaram da doença 1233 pessoas em Portugal

Foto Gonçalo Delgado/global Imagens

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 3786 casos de covid-19 e 23 mortes associadas à doença. Não havia tantas vítimas mortais desde o dia 9 de março.

Depois dos 5649 contágios comunicados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) no sábado, o boletim de hoje dá conta de 3786 novos casos, número bastante superior ao do passado domingo, quando foram contabilizados 2897 positivos.

Pelo terceiro dia consecutivo, morreram mais de 20 pessoas (23). É preciso recuar ao início de março para haver tantas mortes pelo novo coronavírus no país.

É a região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) que contabiliza a maior parte dos infetados, 1244, seguindo-se o Norte, com 1068, o Centro com 941, o Algarve com 265, o Alentejo com 128, a Madeira com 100 e os Açores com 40.

Das 23 mortes, sete foram reportadas no Centro, havendo ainda cinco no Norte, cinco no Algarve, três em LVT, uma no Alentejo e duas na Madeira. Em termos de idades, são 17 octogenários, três cidadãos na casa dos 70 anos, dois na dos 60 e um na faixa etária dos 50.

Os infetados a precisar de tratamento hospitalar voltaram a ultrapassar os 900 (911), num aumento de 32 face ao boletim anterior. Desde o dia 4 de agosto que as hospitalizações não eram tão elevadas.

Em Unidades de Cuidados Intensivos estão mais quatro infetados, 134 no total.

Desde o início da pandemia morreram 18.537 pessoas, 1.166.787 contraíram a doença e 1.086.887 recuperaram, 1233 delas nas últimas 24 horas. O número de casos ativos subiu para 61.363: mais 2530 do que ontem.

Relacionadas