Governo

António Costa diz que Portugal está a trabalhar para cumprir metas

António Costa diz que Portugal está a trabalhar para cumprir metas

O primeiro-ministro, António Costa, desvalorizou esta quinta-feira o relatório do semestre europeu divulgado pela Comissão Europeia e afirmou que Portugal está a trabalhar para chegar ao final do ano com as metas ​​​​​​​cumpridas.

"Eu acho que é um clássico ao fim destes cinco anos nós sabemos que há esta dinâmica de diálogo da Comissão Europeia. A Comissão Europeia sinaliza sistematicamente os riscos, chega a meio do ano e diz que afinal os riscos não se estão confirmar e depois chegam ao final do ano e dizem bom, efetivamente, Portugal cumpriu as metas que tinha estabelecido", disse hoje António Costa, quando questionado sobre o relatório da Comissão Europeia elaborado no âmbito do pacote de inverno do semestre europeu.

E continuou: "é o que estamos a trabalhar para mais uma vez acontecer, que é chegarmos ao final do ano com as metas cumpridas".

A Comissão Europeia concluiu, após uma análise aprofundada que realizou no quadro do semestre europeu de coordenação de políticas económicas, que Portugal continua a apresentar "desequilíbrios macroeconómicos", sobretudo devido a um abrandamento do ajustamento externo.

Segundo o executivo comunitário, Portugal tem feito progressos na correção de desequilíbrios, designadamente ao nível da redução da dívida, quer pública quer privada, e também do crédito malparado, mas, a nível externo, a posição de investimento internacional (PII) "continua a ser uma das mais negativas da UE" e as perspetivas são de que "o ajustamento externo abrande substancialmente".

O primeiro-ministro António Costa falava aos jornalistas antes da reunião do Conselho do Ministros que se realiza hoje, em Bragança, e "cuja agenda é maioritariamente dedicada à valorização do interior".

O executivo socialista está quarta-feira e hoje no distrito de Bragança, onde deu o arranque da iniciativa "Governo mais próximo", que inclui visitas à região de ministros e secretários de Estado e a reunião do Conselho de Ministros.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG