Exclusivo

António Nunes: "Um dia teremos um general bombeiro"

António Nunes: "Um dia teremos um general bombeiro"

António Nunes, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, reclama comando nacional autónomo, deseja uma academia superior e defende carreira profissional.

Mais de 1500 voluntários participam amanhã, no Porto, na "maior afirmação dos Bombeiros de Portugal jamais realizada". Convocada pela Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), a parada integra a nova estratégia de imagem deste agente da proteção civil.

Porque exige para os bombeiros o combate aos fogos rurais?
Cada corpo de bombeiros (CB) tem uma área de atuação. Se são para o risco de incêndio urbano ou industrial ou acidente rodoviário, porque não sê-lo também para os incêndios florestais? Foi o que a Liga conseguiu em 1980. Desde 2006, quando aparece o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR, a atual UEPS, há um emaranhado de entidades nos teatros de operações. Não é razoável do ponto de vista da gestão e organização de meios. O Governo tem toda a legitimidade para determinar que a GNR tenha uma unidade especial. Mas não deve atuar na primeira linha, só para reforço. Não entendemos que nos helicópteros esteja só a UEPS. Os bombeiros que resolvem os incêndios mais complicados não são capazes de resolver os mais simples? Mas já criaram os bombeiros sapadores florestais, os agentes florestais...

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG