Cédulas profissionais

Medicinas alternativas com licenças bloqueadas

Medicinas alternativas com licenças bloqueadas

Autoridade da Saúde só emitiu 9% das credenciais pedidas.

As cédulas profissionais para o exercício da prática de Terapêuticas não Convencionais (TNC) reconhecidas na lei portuguesa - Acupuntura, Fitoterapia, Homeopatia, Medicina Tradicional Chinesa, Naturopatia, Osteopatia e Quiropráxia - estão a sair a conta-gotas.

Até agora, só foram atribuídas 105 cédulas definitivas e 221 títulos provisórios para as cinco áreas regulamentadas (duas aguardam portarias), quando foram submetidos 3500 pedidos até fevereiro (prazo definido) e se estima que existam no país 20 mil profissionais a exercer. Ou seja, apenas 9% dos pedidos foram despachados.

Dos 3500 requerimentos enviados à Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) foram analisados 1500 e outros 2000 aguardam resposta. Segundo a ACSS, "foi feita uma prévia avaliação dos processos. No entanto, grande parte destes encontram-se incompletos. O que obriga ao pedido de elementos suplementares impedindo a pronta conclusão da avaliação".

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.