O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Apenas 217 utentes tiveram consultas de atividade física

Apenas 217 utentes tiveram consultas de atividade física

Segunda fase do projeto-piloto da DGS vai ser implementada em 14 centros de saúde. Pandemia suspendeu programa iniciado em 2019.

As consultas de atividade física vão voltar a ser realizadas em 14 centros de saúde para utentes com diabetes tipo 2 ou depressão. O projeto-piloto da Direção-Geral da Saúde (DGS) para promoção da atividade física no Serviço Nacional de Saúde está na fase 2.0, depois de a iniciativa ter sido interrompida após o surgimento da covid-19. Há mais quatro unidades a participar no programa (eram dez). No total, cada centro de saúde vai envolver pelo menos 60 utentes.

"Temos de dar um novo início [ao projeto] porque passou muito tempo. Estamos a convidar alguns dos utentes que participaram na primeira fase", explica Cristina Godinho, diretora-adjunta do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física da DGS, já que nem todos foram acompanhados durante os seis meses previstos. O número de pessoas em consulta pode chegar agora às 840. Na primeira fase do projeto, que se iniciou em maio de 2019, foram abrangidas 217 pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG