Exclusivo

Apoio do lay-off pago com quase dois anos de atraso

Apoio do lay-off pago com quase dois anos de atraso

Erro dos patrões foi detetado pela Segurança Social, que está agora a pagar o complemento de estabilização a mais 2361 trabalhadores. Desde 2020, 355 mil portugueses receberam.

Quase dois anos depois da data-limite para o pagamento do complemento de estabilização, ainda há trabalhadores que estão a receber o apoio que visa compensar a diminuição de salário para quem foi para lay-off no início da pandemia. Tudo porque algumas empresas se enganaram a preencher as declarações de remunerações. Agora que a Segurança Social detetou o erro e os patrões o corrigiram, o pagamento está a ser feito.

Mais de 2000 trabalhadores que estiveram em lay-off durante pelo menos 30 dias seguidos entre abril e junho de 2020 foram surpreendidos, nos últimos dias, com um e-mail da Segurança Social a informar que iam receber o complemento de estabilização. Os valores deste apoio variam entre 100 e 351 euros e deveriam ter sido pagos em julho de 2020.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG