Exclusivo

Apoios covid custam tanto como um ano de salários no SNS

Apoios covid custam tanto como um ano de salários no SNS

Medidas criadas pelo Governo chegaram a três milhões de pessoas e 174 mil empresas e custam quase tanto como um ano de salários na Saúde.

Para atenuar os impactos económicos da pandemia, a Segurança Social já pagou, desde que a covid nos entrou portas dentro, em março de 2020, mais de 4,7 mil milhões de euros em apoios extraordinários. Abrangendo um total de 3,07 milhões de pessoas e 174 mil empresas, avança o gabinete da ministra Ana Mendes Godinho ao JN. Um montante que equivale a um ano de salários na Saúde (a despesa anual com pessoal no SNS supera os 4,8 mil milhões).

O lay-off simplificado responde pela fatia de leão, com um quarto dos 4732 milhões de euros pagos. Apoio que chegou a 943 mil beneficiários num universo de 121 mil empresas. Com maior impacto no primeiro ano da pandemia, aquando do primeiro confinamento geral: 70% dos 1,2 mil milhões de euros foram pagos em 2020. Só em abril daquele ano, quando a economia (quase) paralisou, beneficiaram daquele apoio 777 mil trabalhadores (306 milhões de euros). Numa análise distrital ao acumulado de apoios a lay-off pagos pela Segurança Social, o distrito de Lisboa canalizou 36% do total, seguido do Porto, com metade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG