PAN

Aprovada proposta para contratação de intérpretes de língua gestual para o SNS

Aprovada proposta para contratação de intérpretes de língua gestual para o SNS

Os deputados aprovaram, esta segunda-feira, na especialidade uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2022, apresentada pelo PAN, para a contratação de até 25 intérpretes de língua gestual portuguesa para o Serviço Nacional de Saúde.

Nas votações na especialidade, que começaram hoje na Comissão de Orçamento e Finanças, no parlamento, a proposta da deputada única do Pessoas-Animais-Natureza mereceu os votos favoráveis de PAN, PS, BE, PCP e Chega, o voto contra do PSD e a abstenção da Iniciativa Liberal.

"Em 2022, o Governo procede à contratação de até 25 intérpretes de língua gestual portuguesa para o Serviço Nacional de Saúde, priorizando a resposta a episódios de urgência no contexto dos serviços de urgência médico-cirúrgica", lê-se na proposta apresentada pela deputada Inês Sousa Real.

Nos objetivos da proposta, o PAN lamenta que "depois de constar nos Orçamentos do Estado de 2019 e 2020, a contratação de até 25 intérpretes de língua gestual pelos hospitais do país, os estabelecimentos de saúde têm optado por prestadores de serviços nos momentos em que existe necessidade".

E defende que "manter estes profissionais em situações contratuais com vínculo instável e precário, por serem contratados como trabalhadores independentes não respeitam o previsto nos referidos orçamentos do Estado".

A deputada única do PAN justifica esta proposta de alteração ao Orçamento do Estado para este ano "para que não se abandone a ideia prevista nos anteriores orçamentos do estado e caminhe para a existência de intérpretes para acompanhar as pessoas tanto em hospitais como nos centros de saúde associados".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG