O Jogo ao Vivo

Covid-19

Rui Rio é o segundo na lista de deputados a vacinar. Lista tem 50 nomes

Rui Rio é o segundo na lista de deputados a vacinar. Lista tem 50 nomes

O parlamento indicou 50 deputados para o processo de vacinação contra a covid-19, comunicou, esta sexta-feira, o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, numa carta enviada ao primeiro-ministro, António Costa.

Fonte parlamentar disse à agência Lusa que entre os 50 deputados, num total de 230, estão o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, deputados do PS, PSD, PCP, PEV e uma das duas deputadas não inscritas, Joacine Katar Moreira.

Tanto os deputados do Bloco como os do PAN, Chega e Iniciativa Liberal e a deputada não inscrita Cristina Rodrigues terão comunicado que não pretendiam constar da lista, adiantou o jornal "Público", que teve acesso à lista de deputados a vacinar.

Neste grupo de 50 deputados, de acordo com a mesma fonte, estão "quase todos os vice-presidentes da Assembleia da República, apenas não constando José Manuel Pureza, do Bloco de Esquerda, que "prescindiu de ser vacinado já nesta fase".

Encabeçada por Ferro Rodrigues, a lista incluiu Rui Rio como presidente do maior partido da oposição, seguido pelos vice-presidentes da AR, Edite Estrela (PS) e António Filipe (PCP), acrescenta o jornal "Público", revelando que Fernando Negrão, do PSD, comunicou a Ferro Rodrigues que não queria ser vacinado.

Seguem-se os presidentes dos grupos parlamentares do PS, Ana Catarina Mendes, do PSD, Adão Silva, do CDS, Telmo Correia e do PEV, José Luís Ferreira.

A seguir constam os nomes "dos presidentes de 13 das 14 comissões parlamentares permanentes, com exceção do deputado do Bloco que preside à do Ambiente, o da comissão eventual de acompanhamento da resposta à covid-19 e a de inquérito à atuação do Estado nos incêndios de 2017. Está também a presidente da administração do Parlamento, a socialista Eurídice Pereira, e o social-democrata José Silvano como membro da administração", escreve o jornal "Público".

PUB

Esta sexta-feira, o PCP indicou ao presidente da Assembleia da República dois dos seus 10 deputados para a vacinação contra a covid-19, António Filipe e Ana Mesquita, pelos cargos essenciais que ocupam no funcionamento do parlamento.

Numa nota enviada à imprensa, o PCP lembra a sua posição sobre a matéria, considerando que "há órgãos do Estado cujas atribuições e competências específicas são relevantes no combate à epidemia" admitindo, por isso, a vacinação dos titulares desses órgãos "em função de critérios de saúde e das suas atribuições e competências específicas".

"Foram esses os critérios que levaram a que o PCP, nesta fase, tenha indicado para vacinação apenas os seus deputados que integram a Mesa da Assembleia da República, o vice-presidente da AR António Filipe e a secretária da mesa Ana Mesquita", refere o partido.

Os titulares de órgãos de soberania, deputados da Assembleia da República, membros dos órgãos das regiões autónomas e presidentes de câmara, enquanto responsáveis da proteção civil, vão começar a ser vacinados na próxima semana.

No início desta semana, o primeiro-ministro enviou "cartas aos órgãos de soberania para que estabeleçam as prioridades para inoculação em cada um dos serviços".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG