Exclusivo

Associação de cuidados continuados quer forçar Governo a atualizar preços

Associação de cuidados continuados quer forçar Governo a atualizar preços

A Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) entregou providência cautelar contra o Estado reclamando a atualização da tabela de preços.

A Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) avançou esta quarta-feira com uma providência cautelar contra o Estado português, devido à não atualização da tabela de preços, que estabelece a comparticipação estatal aos serviços prestados nas unidades de cuidados continuados. José Bourdain, presidente da ANCC, diz que a ação em tribunal visa "minimizar" os problemas, mas não os irá resolver a todos.

"O aumento do Salário Mínimo Nacional entra em vigor este mês. Este aumento é muito superior aos cêntimos e euros que possam advir da providência cautelar, da qual resultará a atualização de valores por força da inflação", defende ao JN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG