Premium

Atrasos nas pensões fazem duplicar queixas na Provedoria

Atrasos nas pensões fazem duplicar queixas na Provedoria

Até ao final de setembro, os atrasos na atribuição de várias pensões já tinham motivado 1445 queixas na Provedoria de Justiça.

Ou seja, são mais 522 registos do que os 923 recebidos em todo o ano de 2018, um ritmo que, a manter-se, levará a que 2019 chegue ao fim com o dobro dos casos reportados no ano passado relativos ao Centro Nacional de Pensões.

Para muitos contribuintes, principalmente os mais vulneráveis a nível económico, esta situação e o consequente pagamento de prestações sociais com retroativos de meses pode ter um impacto negativo na declaração de rendimentos, promovendo subidas de escalões em sede de IRS que se refletem depois em perdas de benefícios sociais, como sejam isenções em serviços de áreas tão sensíveis como, por exemplo, a da saúde (ler reportagem na página seguinte).