O Jogo ao Vivo

Premium

Automóveis com sistema de bloqueio para travar condutores alcoolizados

Automóveis com sistema de bloqueio para travar condutores alcoolizados

Sistema é usado em vários países. Aplica-se a quem já tenha sido apanhado com excesso de álcool.

Portugal poderá vir a ter um sistema que impede que o motor de um carro arranque se o condutor estiver alcoolizado e já tiver sido apanhado com uma taxa de álcool superior ao limite. A proposta é avançada pela Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP) e está a ser estudada pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, no âmbito do Plano Estratégico de Segurança Rodoviária 2020. A partir de 2022, o sistema de "alcohol lock" será obrigatório em todos os carros novos, na União Europeia.

Em 2017, 35% dos condutores que morreram em acidentes rodoviários tinham uma taxa de álcool no sangue acima do limite. Para reduzir a sinistralidade ligada ao álcool, José Miguel Trigoso, presidente da PRP, defende um sistema que dá duas alternativas aos condutores que consumam álcool em excesso: serem inibidos de conduzir ou aceitarem instalar um dispositivo de bloqueio da ignição sensível ao álcool.