Nacional

Automutilação aumenta entre os adolescentes

Automutilação aumenta entre os adolescentes

Os comportamentos autolesivos, como cortar um braço com um x-ato, entre os mais jovens começam a ser cada vez mais evidentes, e em idades precoces. O fenómeno começa agora a ser registado para compreender-se a sua real dimensão. Não há, contudo, números oficiais sobre este problema.

"No outro dia, uma menina que é minha paciente ligou-me e disse-me "está a apetecer cortar-me"", exemplificou Ana Vasconcelos, pedopsiquiatra. Para esta especialista, "estamos numa altura em que a autoagressão entre os mais novos começa a ser cada vez mais vista nos consultórios. Falamos de jovens que, por exemplo, se cortam "nos braços, nas pernas, na barriga, para aliviarem uma grande dor emocional", explica.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG