Exclusivo

Avião esteve a 260 metros de chocar contra viatura parada na pista dos Açores

Avião esteve a 260 metros de chocar contra viatura parada na pista dos Açores

Aeronave ao serviço da TAP transportava 180 passageiros entre Lisboa e Ponta Delgada. Serviço de Controlo de Tráfego Aéreo do Aeroporto João Paulo II era assegurado apenas por um controlador

Um avião da TAP, com 180 passageiros a bordo, esteve, no dia 13 deste mês, muito perto de embater numa viatura parada na pista do Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada, Açores. O choque só não aconteceu porque o piloto conseguiu abortar a aterragem, quando estava apenas a 280 metros de distância da carrinha de uma equipa de manutenção. O caso foi classificado de "grave" pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) e está a ser investigado.

No dia do incidente, o Serviço de Controlo de Tráfego Aéreo do aeroporto de Ponta Delgada era assegurado por apenas um controlador. Este, refere um relatório preliminar do GPIAAF, entrou ao serviço às 9 horas, autorizou a descolagem de uma aeronave e, em seguida, dedicou-se a outras tarefas, como a análise de reserva de espaço aéreo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG