O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Baixas por covid custaram 2,9 milhões por dia em janeiro

Baixas por covid custaram 2,9 milhões por dia em janeiro

Subsídios por doença, isolamento ou apoio a filho somam 89,5 milhões. Apoios da Segurança Social já chegaram a mais de um milhão de pessoas.

Janeiro que findou deixa um rasto nunca visto de novas infeções por SARS-CoV-2, impulsionado pela nova variante ómicron. Com aquele mês a responder por quase metade do total de casos desde que a pandemia nos entrou portas dentro, já há quase dois anos. Com impactos diretos e sem precedentes na Segurança Social. Os pagamentos de baixas por doença covid ou isolamento profilático (do próprio ou de filho menor) atingiram, naquele mês, os 89,5 milhões de euros, num total de 389 mil subsídios.

De acordo com dados facultados ao JN pelo Ministério do Trabalho e Segurança Social, em janeiro o número de baixas por doença covid e por isolamento profilático praticamente quadruplicou face a período homólogo de 2021, para 187 mil e 169 mil subsídios, respetivamente. Sendo que janeiro de 2021, com aumento significativo de casos, ficará para a história com uma mortalidade sem paralelo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG