Exclusivo

Bares fechados empurram jovens para os casinos

Bares fechados empurram jovens para os casinos

Criados lugares sentados para quem vai só beber um copo. Baixo preço da comida também é um atrativo.

Os casinos reabriram no início de junho e ainda são os únicos estabelecimentos onde se pode entrar de madrugada. As portas só fecham às 3 horas, ou às 4 como na Póvoa de Varzim. Sem alternativas, com os bares obrigados a fechar mais cedo, as casas de jogo passaram a ser ponto de encontro de jovens nas noites de verão. Os casinos apontam que a maior afluência de jovens é normal nesta época. Os especialistas alertam para o perigo, os donos dos bares falam em injustiça.

Meia-noite. Casino da Póvoa de Varzim. A casa está "composta". Há jovens, muitos jovens. A pandemia mudou a face da casa de jogo. O ambiente é "menos pesado", há "menos jogadores, menos chineses - em tempos, os principais clientes - e mais miudagem", atira uma cliente, sob anonimato, sentada nas mesas que, agora, ocupam uma das salas da entrada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG