Covid-19

BE propõe "novos critérios, locais e meios" para aumentar testagem

BE propõe "novos critérios, locais e meios" para aumentar testagem

O BE vai apresentar um projeto de resolução no parlamento para aumentar a testagem ao vírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, com "novos critérios, locais e meios", anunciou Catarina Martins.

"Um desconfinamento sem alargar a testagem significa que podemos voltar a confinar porque não acompanhamos a quantidade de infetados no país. Poupar na testagem sai muito caro ao país porque pode significar mais meses de confinamento", afirmou a líder do BE, Catarina Martins, em conferência de imprensa, na sede nacional do partido, em Lisboa.

PUB

A coordenadora bloquista lamentou que o Governo ainda não tenha apresentado uma estratégia global de ampliação da testagem em Portugal.

"Por outro lado, temos neste momento variantes mais contagiosas e, portante, exige-se mais testagem. A própria evolução tecnológica permite hoje uma testagem muito mais alargada da população por um preço muito mais baixo", justificou, acrescentando que a resolução bloquista visa "que haja decisão rapidamente", com "novos critérios, novos locais e novos meios" de testagem.

"Testagem de todos os contactos de casos suspeitos ou confirmados", "testagem regular em estabelecimentos de ensino, indústria, construção civil, agricultura e outros contextos (...)" onde haja aglomeração de pessoas são recomendações do BE ao Governo.

Entre as principais medidas defendidas pelos bloquistas estão também a disponibilização de testes para utentes nos centros de saúde e hospitais, mesmo sem sintomas e os quais não tenham sido testados na semana anterior.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG