Autárquicas

BE quer transportes públicos gratuitos para desempregados em Lisboa

BE quer transportes públicos gratuitos para desempregados em Lisboa

O BE apresentou, este sábado, a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara de Lisboa. A candidata elegeu o direito à mobilidade como uma das suas cinco prioridades e pretende que os transportes sejam gratuitos para quem está desempregado.

Na apresentação da candidatura, numa escola da capital, Beatriz Dias também anunciou querer combater os "efeitos arrasadores" que a crise pandémica está a ter na cidade, bem como defender o direito à habitação, lutar contra o preconceito e apostar na cultura.

"Sou ainda, e sobretudo, uma mulher negra", descreveu-se Beatriz Dias, numa escola de Lisboa. Afirmando que essas características não teriam "relevância política" num mundo ideal, considerou que esse mundo "ainda está longe de existir". Assim, quem quiser construir "uma sociedade mais justa" não pode ignorar o racismo nem o sexismo, referiu.

Catarina Martins insiste nos apoios sociais

A candidata quer uma cidade menos dependente dos automóveis, afirmando que isso só se alcança com "transportes públicos gratuitos e de qualidade". Criticando o candidato de PSD e CDS, Carlos Moedas, por ter integrado um Governo que "preparou o Metro e a Carris para serem privatizados", referiu que a prioridade é permitir que os desempregados não paguem título de transporte.

Beatriz Dias também vincou que Lisboa perdeu 300 mil habitantes em 40 anos, afirmando que o ciclo só se inverte com "uma grande oferta de habitação pública".

A candidata prometeu ainda apoios a quem passa por carências alimentares e já não consegue pagar casa. A este respeito, Catarina Martins voltou a criticar o Governo por recusar o aumento dos apoios sociais, afirmando que essa tomada de posição gera "uma crise maior" para quem já está a sofrer com a crise.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG