Hospital de S. João

Bebé com covid ligado a ECMO já respira sozinho

Bebé com covid ligado a ECMO já respira sozinho

Menino de 13 meses está bem e deve sair dos Cuidados Intensivos "dentro em breve".

O bebé de 13 meses com covid-19 e quadro de miocardite que havia sido internado, na madrugada de 5 de fevereiro, no Hospital de S. João, necessitando de ser ligado a ECMO, foi na terça-feira extubado, estando bem e a respirar sozinho. Segundo explicou, nesta manhã, a diretora clínica daquela unidade hospitalar, Maria João Baptista, "o bebé foi ontem extubado", acreditando a equipa médica que "dentro em breve saia da Unidade de Cuidados Intensivos (UCI)". O menino de 13 meses, recorde-se, foi transferido do Centro Materno Infantil do Norte na madrugada de 5 de fevereiro com "uma anomalia de ritmo muito grave, que pôs a sua vida em risco", recordou a cardiologista pediátrica.

Segundo Maria João Baptista, além do quadro de miocardite, compatível com infeção por SARS-CoV-2, o bebé apresentava também, "na fase inicial, uma componente respiratória importante, uma pneumonia", pelo que esteve mais tempo ligado ao ventilador. A diretora clínica do Hospital de S. João precisou que o menino esteve cinco dias ligado a ECMO e 11 dias a ventilador.

PUB

Todos os achados apontam para que o quadro clínico tenha sido provocado pela infeção por SARS-CoV-2, sendo que o menino está ainda positivo. "Até ao momento, não encontramos nenhuma outra causa que pudesse ter provocado este quadro clínico". Contudo, a equipa médica vai continuar a estudar o bebé, realizando, nomeadamente, exames genéticos. "Mas não há nada que faça pensar que haja outra causa para aquilo que aconteceu", vincou aos jornalistas.

Maria João Baptista revelou ainda estarem atualmente oito crianças internadas em enfermaria no S. João com SARS-CoV-2 . Não pela infeção em si, "mas por outras patologias, nomeadamente oncológicas". Uma dessas crianças, com 10 anos, esquema vacinal completo e doença prévia, chegou a estar, nesta semana, em UCI, devido a falência de órgão. "Está bem e não ventilada", concluiu a cardiologista pediátrica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG