Covid-19

Oito mortos e mais 331 casos positivos de covid. Maioria na Região de Lisboa

Oito mortos e mais 331 casos positivos de covid. Maioria na Região de Lisboa

Portugal registou oito mortes por covid-19 e 331 novos casos positivos da doença, a esmagadora maioria na Região de Lisboa.

Segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde, morreram em Portugal oito pessoas nas últimas 24 horas, elevando o total de vítima mortais de 1447 para .1455

No mesmo período de tempo, contado até à meia-noite de quarta-feira, foram registados mais 331 casos positivos de covid-19, o que aumenta o total de 33261 para 33592.

Dos 331 novos casos registados nas últimas 24 horas, 309 (93%) foram registados na Região de Lisboa e Vale do Tejo, que ultrapassou os 12 mil positivos, acumulando, agora, 12137, contra os 11828 registados na quarta-feira.

A Região Norte somou mais 15 casos positivos de covid-19, para um total de 16819. Há mais cinco casos positivos na Região Centro, para um total de 3765, e dois no Alentejo (262 agora). O Algarve (376), os Açores (138) e a Madeira (90) não registaram qualquer alteração nas últimas 24 horas.

Das oito vítimas mortais elencadas pela DGS, cinco foram registadas na Região Norte, que soma agora mais de 800 óbitos (801) e três na Região de Lisboa e Vale do Tejo (383 no total). As restantes regiões do país não contabilizaram qualquer morte nas últimas 24 horas.

PUB

Após sete dias a descer, o número de pessoas internadas voltou a subir, registando, agora, 445 pessoas hospitalizadas, mais 17 que as 428 de quarta-feira. Nos cuidados intensivos, a tendência, embora menos acentuada, é a mesma: há 58 pessoas em UCI, mais duas que as 56 de ontem.

O número de pessoas recuperadas aumentou em 244, de 20079 confirmados na quarta-feira para os 20323 anunciados esta quinta-feira.

Mais mortos acima dos 80 anos

A faixa etária acima dos 80 anos continua a ser a mais afetada, concentrando 67,4% dos óbitos totais (981, sendo 442 homens e 559 mulheres). Entre os 70-79 anos há 279 vítimas mortais (168 homens, 111 mulheres), que corresponde a 19% do total.

Entre os 60-69 anos estão contabilizados 129 casos mortais (83H/43M), o que equivale a 8,9% do total, enquanto a faixa anterior, 50-59 anos, soma 46 vítimas mortais (31H/15M), ou seja, 3,2% do total.

Há, ainda, 20 mortos com menos de 50 anos: 17 (10 homens e sete mulheres), na faixa etária dos 40-49 anos, uma mulher entre as pessoas com 30-39 anos, e uma homem e uma mulher na faixa entre os 20-29 anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG