Exclusivo

Braga: 48 funcionários das escolas de baixa na primeira semana de aulas

Braga: 48 funcionários das escolas de baixa na primeira semana de aulas

Câmara de Braga recorre a 60 desempregados para suprir falta de operacionais nas escolas. Uma não abriu.

A Câmara de Braga vai ter de recorrer ao Instituto de Emprego e Formação Profissional para contratar temporariamente 60 assistentes operacionais, de forma a colmatar imediatamente a falta daqueles trabalhadores nas escolas do concelho.

"No arranque do ano letivo, houve 48 que meteram baixa, o que nos obriga a recorrer aos contratos de inserção do IEFP", esclareceu Ricardo Rio, no final da reunião de ontem. A falta de assistentes levou à não abertura de uma escola na Ponte Pedrinha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG