O Jogo ao Vivo

Congresso

Câmaras querem secção de municípios para a Ação Climática

Câmaras querem secção de municípios para a Ação Climática

Os presidentes das câmaras municipais do país aprovaram, este domingo de manhã, uma recomendação de criação de uma secção de municípios para a ação climática, no ​​​​​​​XXV Congresso da Associação Nacional de Municípios (ANMP), em Aveiro.

Por larga maioria, os presidentes de câmara presentes no Parque de Feiras e de Exposições de Aveiro votaram a favor da moção de recomendação que cria a Secção de Municípios para a Ação Climática da ANMP. A recomendação será, agora, enviada ao Conselho Diretivo liderado por Luísa Salgueiro, autarca de Matosinhos.

A recomendação foi proposta por Vítor Aleixo, presidente da câmara de Loulé, que defende "a partilha de boas práticas entre municípios em torno do desígnio comum da ação climática".

O autarca, secundado pela aprovação dos congéneres, pugna ainda pela "exigência de mais meios técnicos, legais e financeiros para que os municípios possam cumprir a sua missão indispensável e indelegável nas políticas nacionais e europeias de ação climática".

A moção pede ainda que se promova um processo planeado de incorporação da ação climática nos Planos Diretores Municipais que estão em fase de revisão, de forma a ampliar as vantagens da integração de "disposições de adaptação, mitigação, gestão e conhecimento" sobre o tema.

A sessão de encerramento do XXV Congresso da ANMP está agendada para as 16 horas deste domingo, com discursos de Carlos Moedas, presidente da Mesa do Congresso, Luísa Salgueiro, presidente do Conselho Diretivo, Alexandra Leitão, ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, e Marcelo Rebelo de Sousa, presidente da República.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG