Congresso

Campos Ferreira incentivado a avançar para liderança da bancada do PSD

Campos Ferreira incentivado a avançar para liderança da bancada do PSD

O deputado social-democrata Luís Campos Ferreira admitiu, esta sexta-feira, que foi desafiado por uma parte "substancial e significativa" de elementos da bancada laranja para apresentar uma candidatura à sucessão de Hugo Soares. Até agora, só há um candidato: Fernando Negrão.

À entrada do Centro de Congressos de Lisboa, onde decorre o conclave de entronização de Rui Rio, Campos Ferreira disse que, apesar do desafio que lhe foi lançado, irá apoiar Fernando Negrão. Porém, salientou a "insistência" com que foi aconselhado a avançar.

"Não sei se o faria ou não [apresentar uma candidatura]. Mas a insistência e aquilo que parecia uma vontade de uma fatia substancial e significativa dos deputados, claro que sim. Sou um deputado e teria de cumprir essa missão e faria isso com todo o gosto e todo o orgulho", garantiu o deputado, que foi apoiante de Rui Rio.

"Pelos deputados, muitos deles, fui sondado", frisou, depois de ter reconhecido que "a eleição para presidente do grupo parlamentar, naturalmente, requer uma confiança política por parte do líder do partido". "Julgo que sobre isso não há qualquer dúvida, desde a primeira hora que é público que eu votei no dr. Rui Rio nas eleições diretas e tenho uma grande expectativa em relação à liderança dele", alegou, admitindo que, como Fernando Negrão já avançou, irá subscrever a candidatura do ex-diretor da Polícia Judiciária e deputado desde 2002.

As eleições da liderança da bancada será na próxima quinta-feira e até terça-feira terão de ser apresentadas as candidaturas ao cargo.