Europeias

Rio espera que Santana Lopes "não tenha nada de grave"

Rio espera que Santana Lopes "não tenha nada de grave"

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou, na quinta-feira, que espera que o antigo líder do partido Pedro Santana Lopes "não tenha nada de grave", na sequência do acidente no qual esteve envolvido.

"As ultimas notícias não sei, li as notícias de ontem [quarta-feira] e, felizmente que aquilo que li é que o doutor Pedro Santana Lopes teve de ir ao hospital, mas que não tinha rigorosamente nada de grave, e o cabeça de lista do Aliança ainda menos", afirmou Rio.

O presidente do PSD falava aos jornalistas na sede do partido, em Lisboa, e foi questionado sobre o acidente rodoviário que aconteceu em plena campanha eleitoral e que envolveu o líder da Aliança e o cabeça de lista às europeias.

"Eu espero que assim seja e que, só por questões de prudência, [Pedro Santana Lopes] possa estar a ser observado, espero bem que não tenha nada de grave", salientou Rui Rio, acrescentando que "Deus queria que não tenha rigorosamente nada, por amor de Deus".

O líder do partido e o cabeça de lista às europeias sofreram na quarta-feira um acidente de viação, na autoestrada 1 (A1), quando seguiam de Coimbra para Cascais, "em ações de campanha", dá conta o partido numa nota enviada aos jornalistas.

Santana foi helitransportado para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), depois de ter sido desencarcerado do carro pelos bombeiros, enquanto Paulo Sande saiu da viatura pelo próprio pé e seguiu de ambulância para aquela unidade hospitalar.

O acidente ocorreu pouco antes das 17:30, ao quilómetro 136 da A1 (no sentido norte-sul).

A autoestrada esteve cortada ao trânsito nos dois sentidos, entre as 18:30 e as 19:27, para o helicóptero aterrar e levantar.

Pedro Sande já teve alta do hospital e falou aos jornalistas pelas 22:15, informando que ele e Santana Lopes tinham estado "a fazer exames".

"Despistaram tudo o possível e, aparentemente, está tudo bem", afirmou, notando que "no final disto tudo, não passou de um grande susto".

Apesar de o candidato ter tido alta, Pedro Santana Lopes continua no hospital, e vai hoje efetuar novos exames médicos.

Numa comunicação aos jornalistas esta manhã, o gabinete de comunicação do CHUC adiantou que será reavaliado e poderá ter alta ainda hoje.

Imobusiness