Eleições

BE acusa autarca de Braga de "encaminhar" eleitores

BE acusa autarca de Braga de "encaminhar" eleitores

O Bloco de Esquerda de Braga apresentou um protesto na Comissão nacional de Eleições por aquilo a que considera ser uma "tentativa de persuasão" pelo presidente e por elementos do executivo da junta de freguesia de Maximinos.

De acordo com Jorge Vilela, do BE, membros do executivo eleitos pela coligação PSD/CDS-PP para aquela autarquia encontravam-se à entrada no local de voto a "encaminhar" os eleitores para as urnas. "Houve casos em que tiraram das mãos os cartões de cidadão" dos eleitores e os "acompanharam até às urnas". O autarca de Maximinos, confrontado no local com as acusações do BE, considerou-as "inqualificáveis", frisando que "só podem ser feitas por quem não conhece a realidade", tendo em conta as "alterações de mesas e locais" de voto.

"Eu apresentei primeiro um voto oral, em que pedi ao senhor presidente da Junta que não continuasse a ter aquela atitude, que é recorrente, e que ia além dos serviços a que os elementos da junta estão adstritos. Como ele continuou, liguei para a Comissão Nacional de Eleições (CNE) que me disse para apresentar um protesto por escrito", frisou Jorge Vilela.

Segundo o delegado àquela mesa de assembleia de voto, "o presidente sabe que a presença dele ali tem um efeito, é natural que tenha, pelo que ele não devia ter este tipo de comportamentos".

"Eu estava a encaminhar os eleitores para as respetivas meses e secções corretas, alguns dos nossos eleitores já têm idade, não sabiam que basta o cartão de cidadão e estavam como que perdidos", finalizou Luís Pedroso.

Outros Artigos Recomendados