Legislativas 2019

Braga foi o distrito com menos abstenção

Braga foi o distrito com menos abstenção

No outro extremo, em Bragança apenas 44,89% foram votar.

4.250.660. É este o número de portugueses que, domingo, não foram às urnas. Foi o máximo histórico em eleições legislativas dos últimos 44 anos, com a abstenção a atingir os 45,5%. Sendo que estão ainda por contar os votos dos eleitores no estrangeiro, superior a 1,2 milhões, e que deverá engrossar ainda mais o número de abstencionistas.

Numa ótica continental, analisando-se os dados distritais, constata-se que os bracarenses foram os que mais acorreram às urnas, com a abstenção a ficar-se pelos 40,17%. Segue-se o Porto, com 58,59% de votantes, e Lisboa, onde 57,33% dos cidadãos exerceram o seu direito de voto.

Em sentido oposto, os dados mostram que, em Bragança, a abstenção ultrapassou os 55% e rondou os 54% em Faro e em Vila Real. Analisando, agora, as regiões autónomas, os Açores, como em eleições passadas, atingiram uma estrondosa abstenção de 63%. Já na Madeira, 50,29% foram votar.

Refira-se que tirando as legislativas de 2005, em que a abstenção desceu, os abstencionistas não páram de aumentar.

Outros Artigos Recomendados