Perfil

O deputado mais jovem tem 25 anos e quer resposta aos problemas do clima

O deputado mais jovem tem 25 anos e quer resposta aos problemas do clima

Nasceu em Lisboa, há 25 anos, e chega ao Parlamento eleito pelo Partido Socialista. Miguel Costa Matos é o mais jovem entre os deputados eleitos e quer dar uma resposta aos problemas da "precariedade" e "habitação".

"É uma enorme responsabilidade ser o deputado mais novo e é a prova de que os mais jovens conseguem ter lugar no Parlamento", diz, ao JN, o jovem socialista, menos de 24 horas depois de ver confirmado o seu lugar na Assembleia da República, como deputado.

Uma função nova, num ambiente que não lhe é de todo desconhecido. Além da experiência como deputado na Assembleia Municipal de Cascais, o Secretário Nacional da Juventude Socialista trabalhou como assessor de António Costa para a área da economia nos últimos dois anos.

Mestre em Economia pela Universidade Nova de Lisboa e licenciado em Filosofia, Política e Economia, pela Universidade de Wawick, no Reino Unido, sucede a Luís Monteiro, do BE, que em 2015 foi eleito apenas com 22 anos. "Espero que os mais jovens, com a minha presença, sintam que são representados e que os seus problemas são ouvidos", explica.

E é, a pensar nas novas gerações, que define os objetivos para os próximos quatro anos. "O ambiente será uma das minhas preocupações", tal como a "habitação". "As rendas estão extremamente caras o que dificulta a saída da casa dos pais", sublinha. Há, ainda a questão da precariedade. "Sabemos que nos últimos quatro anos conseguimos diminuir os números do desemprego, mas há ainda questões importantes a melhorar, como o elevado número de horas de trabalho ou os contratos a termo", refere.

PUB

Sobre a chegada dos novos partidos ao Parlamento, como o Livre, a Iniciativa Liberal e o Chega, o jovem socialista congratula-se pela chegada do primeiro e pelo reforço do PAN, olhando com "desconfiança e preocupação" os outros dois partidos, particularmente o resultado de André Ventura. "É uma preocupação e um desafio que nos vai trazer ainda mais responsabilidade", garante.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG