Exclusivo

Candidatos a inspetores de Educação desistem antes do estágio

Candidatos a inspetores de Educação desistem antes do estágio

Perdas salariais determinam saídas. Desde o concurso, em 2018, aposentaram-se 20 inspetores de Educação e, este ano, 46 reúnem requisitos para a reforma. São cada vez menos.

O concurso lançado há quase três anos para o recrutamento de 24 inspetores da educação corre o risco de não preencher a totalidade das vagas, alerta o Sindicato dos Inspetores da Educação e do Ensino (SIEE). Houve candidatos que desistiram assim que foram notificados. Outros, antes do período experimental, que começa em setembro. E há quem não pretenda terminar o estágio, se o Governo continuar a não negociar o valor de referência salarial. "Há perdas de quase 800 euros", garante a presidente do SIEE, Bercina Calçada.

O concurso foi lançado a 31 de outubro de 2018. Desde essa data aposentaram-se da IGEC, de acordo com as listas mensais da Caixa Geral de Aposentações, 20 inspetores. E de acordo com o Plano de Atividades da IGEC para 2021, este ano, reúnem os requisitos para a reforma 46 inspetores, quase 29% do total no ativo (160).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG