Debate

"Sim" do PSD a orçamentos propostos pelo PS é improvável, admitem candidatos

"Sim" do PSD a orçamentos propostos pelo PS é improvável, admitem candidatos

Os três candidatos à liderança do PSD admitiram esta quarta-feira à noite, no primeiro debate entre todos, que é improvável que os sociais-democratas venham a aprovar orçamentos do Estado propostos pelo PS, mas apresentaram justificações distintas para tal.

"É difícil colher o apoio do PSD se colhe o do PCP e do Bloco de Esquerda", afirmou o atual presidente do partido, Rui Rio, ressalvando que precisa ver o documento para ver se concorda ou não com ele.

"Eu não preciso", contrapôs, por sua vez, Luís Montenegro.

Já Miguel Pinto Luz admitiu que viabilizaria um Orçamento se fosse "bom para o país", o que não julga que venha a acontecer. "Eu não acredito que [o primeiro-ministro] António Costa vá apresentar um bom Orçamento do Estado", sublinhou.

As eleições para a presidência do PSD estão agendadas para 11 de janeiro de 2020.