O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Maioria das escolas deixa de servir refeições em takeaway

Maioria das escolas deixa de servir refeições em takeaway

Muitos agrupamentos de escolas também deixarão de ter horários de entrada desfasados. Regras de funcionamento mantêm-se, mas diretores têm autonomia para decidir alterações.

A esmagadora maioria das escolas vai deixar de servir refeições takeaway aos alunos, assinalam o presidente da Associação de Dirigentes Escolares (ANDE) e o vice-presidente da Associação Nacional de Diretores (ANDAEP). A modalidade, criada para reduzir a lotação nos refeitórios e assim o risco de contágio da covid-19, foi uma aposta há um ano, mas teve avaliação negativa e acabou por ser abandonada.

Os horários de funcionamento das cantinas vão manter-se alargados para garantir o distanciamento, contudo, a prioridade é que os alunos almocem nas escolas. Outra medida que pode deixar de ser aplicada em muitos agrupamentos é o desfasamento dos horários.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG