Exclusivo

Caos nos aeroportos leva mais emigrantes a vir de carro

Caos nos aeroportos leva mais emigrantes a vir de carro

Mais de três mil militares da GNR foram mobilizados para dar resposta à chegada dos emigrantes ao país, nomeadamente para ações de sensibilização junto a cinco pontos fronteiriços. Este ano, as autoridades esperam um fluxo maior de carros, acima dos níveis pré-pandémicos, devido ao caos nos aeroportos.

O Governo e as associações de lusodescendentes também apontam para uma enchente, devido ao regresso das romarias e o fim de quase todas as restrições relacionadas com a pandemia. "Não ter pressa de chegar a Portugal" é a principal mensagem que a GNR quer passar aos milhares de condutores que esta semana começaram a entrar em força no país para as férias de verão.

"Acidentes com matrículas estrangeiras, muitas vezes, estão associados ao cansaço acumulado", afirma o major Alves de Sousa. O responsável esclarece que "a pressa pode levar a excesso de velocidade, a que haja descuidos nas pausas de duas em duas horas ou na própria preparação do veículo", exemplificando com situações de "excesso de carga que obstruem os espelhos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG