Igreja

Cardeal-patriarca pede "cautela" no regresso à missa

Cardeal-patriarca pede "cautela" no regresso à missa

Com muita "cautela" e sem "descuidos", D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, pediu aos católicos para que voltem a participar nas missas presencialmente a partir do próximo sábado.

Depois de quase dois meses sem missas comunitárias e com grande parte das igrejas fechadas, no sábado, dia 30, recomeçam as celebrações presenciais com regras rígidas de distanciamento social. "O vírus é muito astucioso" e, por isso, que "não aproveite algum descuido da nossa parte para se propagar", frisou o cardeal-patriarca.

As igrejas passam agora a ter uma lotação limitada ao espaço de dois metros entre cada pessoa. A exceção será para as famílias que participem em conjunto na missa que, como já vivem juntas na mesma casa, podem ficar juntas durante a cerimónia.

A comunhão será feita na mão e será o sacerdote e os ministros da comunhão a dirigirem-se junto dos fieis, evitando a realização de filas. Não haverá o tradicional abraço da paz, nem ofertório. Todos terão que usar máscara e, à entrada das igrejas, haverá álcool gel.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG