Iniciativa

Carta contra touradas na RTP junta 291 personalidades

Carta contra touradas na RTP junta 291 personalidades

A ONG ANIMAL reuniu 291 nomes que assinaram uma carta exigindo o fim da transmissão de touradas na televisão pública.

Os signatários exigem uma televisão "pública livre da transmissão de espetáculos que se baseiam na violência contra animais". A carta é dirigida ao ministro das Finanças, João Leão, e ao secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva. Entre os signatários estão deputados, como André Silva e Bebiana Cunha, do PAN, o deputado do BE Fabian Figueiredo, atores como Maria João Bastos, Ana Bola, Albano Jerónimo, o humorista Diogo Faro e os apresentadores João Manzarra, Rui Unas e Pedro Fernandes.

Em causa está o documento que esteve em consulta pública durante todo o mês de maio. Esteve disponível online a proposta de revisão do Contrato de Concessão do Serviço Público de Rádio e de Televisão entre o Estado e a RTP, que prevê o fim da transmissão de touradas.

PUB

Recorde-se que na semana passada, a 28 de maio, 125 personalidades subscreveram outra carta, defendendo a transmissão de touradas na RTP. Entre os subscritores estavam vários ex-ministros da Cultura do PS e o histórico Manuel Alegre.

O contrato de concessão esteve em consulta pública até 31 de maio, dia em que 240 personalidades subscreviam esta mesma carta da ONG ANIMAL, que agora reúne 291 nomes.

Os signatários acreditam que em breve poderão ter "uma RTP mais conectada às preocupações éticas das/os telespectadoras/es, nomeadamente no que à proteção dos animais diz respeito", pode ler-se na carta.

Na carta estão destacados os pontos do contrato de sucessão que os assinantes consideram mais importantes. Se esses pontos forem respeitados alegam que a RTP será "uma televisão pública livre e que não normaliza espetáculos baseados na violência", dizem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG