Exclusivo

Cartão ainda não chegou a todos os ex-combatentes

Cartão ainda não chegou a todos os ex-combatentes

Ministério da Defesa diz que já foram emitidos 378 mil títulos mas admite "constrangimentos".

"Há camaradas a morrer sem receber o cartão do antigo combatente e sem um agradecimento por parte do Governo pelo que fizeram no Ultramar". A frase de revolta é de António Araújo da Silva. Tem 69 anos, combateu na Guiné e é um dos ex-combatentes que ainda não receberam o cartão que consagra o direito ao não pagamento de transportes públicos, à isenção de taxas moderadoras no Serviço Nacional de Saúde e à entrada gratuita em museus. O irmão de António Araújo da Silva faleceu sem o ter recebido. E garante que há mais "camaradas" à espera.

"Vemos colegas com cartão e outros a ficar nas paragens dos autocarros porque ainda não podem beneficiar dos seus direitos", lamentou o ex-combatente e também primeiro secretário do Movimento de Apoio ao Antigo Combatente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG