O Jogo ao Vivo

Covid-19

"Casa aberta" para vacinar maiores de 16 anos a partir deste sábado

"Casa aberta" para vacinar maiores de 16 anos a partir deste sábado

Os jovens com mais de 16 anos vão poder aceder à modalidade "casa aberta" para receberem a primeira dose da vacina contra a covid-19 a partir deste sábado.

"Embora já existam cerca de 165 mil jovens de 16 e 17 anos com agendamento confirmado para o fim de semana de 14 e 15 de agosto, foi decidido abrir a modalidade "Casa Aberta" a partir de amanhã, dia 14 de agosto, para a vacinação de primeiras doses para utentes que não estejam agendados e que não tenham sido infetados com covid-19 nos últimos seis meses, com idade igual ou superior a 16 anos", informou esta sexta-feira, em comunicado, a task force que coordena o plano de vacinação em Portugal.

A task force esclareceu ainda que durante o fim de semana de 14 e 15 de agosto a modalidade prevista "será em exclusivo para os jovens de 16 e 17 anos" e que a partir de segunda-feira, 16 de agosto, "passará a estar disponível para todos os utentes com idade igual ou superior a 16 anos".

PUB

Para aceder à "Casa Aberta", os utentes têm de pedir uma senha digital no portal criado para o efeito, no próprio dia em que pretendem ser vacinados, "obrigatoriamente para um Centro de Vacinação localizado no concelho de residência". A task force avisa que o número de senhas disponíveis está condicionado pela disponibilidade de vacinas em cada centro de vacinação.

Na modalidade "Casa Aberta", são vacinados com a primeira dose "os utentes elegíveis que não estejam agendados e que não tenham sido infetados com covid-19 nos últimos seis meses".

Os horários de funcionamento da "Casa Aberta" podem ser consultados aqui.

Mais de 111 mil adolescentes entre os 12 e os 15 anos estão inscritos para serem vacinados contra a covid-19 nos fins de semana de 21 e 22 e de 28 e 29 de agosto, o que representa mais de um quarto do total (400 mil).

As segundas doses serão administradas nos fins de semana de 11 e 12, e 18 e 19 de setembro, para que esta faixa etária possa concluir o processo de vacinação antes do início do ano letivo.

A Direção-Geral da Saúde recomendou na terça-feira a vacinação universal das crianças e jovens entre os 12 e os 15 anos, deixando assim de ficar circunscrita a situações específicas, como os casos em que têm doenças de risco.

O autoagendamento para os jovens desta faixa etária está disponível até sábado no portal www.covid19.min-saude.pt.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG