Exclusivo

Casamentos sem parar nos próximos dois anos

Casamentos sem parar nos próximos dois anos

A pandemia da covid-19 levou ao adiamento de quase 80% dos casamentos que estavam programados para este ano. Desta forma, as agendas do setor encheram-se de marcações para os próximos dois anos, confessaram os empresários de diferentes ramos, ao JN, no arranque da BragaNoivos, no Altice Forum Braga, que decorre até ao final do dia de hoje.

A estilista Andreia Lobato não se queixa de quebras no negócio, mas confessa que 77 clientes adiaram o casamento para os próximos dois anos. Apenas 14 noivas concretizaram a cerimónia em plena pandemia.

Na Quinta de Resela, em Vila Verde, um cenário idêntico. Vão concretizar, este ano, apenas oito dos 48 casamentos agendados. "Foi um ano complicado, não sabíamos como lidar com a situação e o Governo nunca definiu regras concretas para o setor", lamenta Michele Alves, adiantando que há noivos a agendar dupla festa. "Há quem esteja a fazer apenas a cerimónia por civil, com cerca de 30 convidados, e a marcar a festa religiosa para o próximo ano", conta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG