Exclusivo

Caso da Caparica viralizou mas racismo é "estrutural", diz SOS Racismo

Caso da Caparica viralizou mas racismo é "estrutural", diz SOS Racismo

O SOS Racismo e a Casa do Brasil de Lisboa consideram que o episódio dos insultos racistas aos filhos de um casal de atores brasileiros ocorrido no sábado, na Costa de Caparica, teve o seu impacto ampliado por ter envolvido uma família "privilegiada". As organizações consideram as injúrias "escandalosas", mas referem que estas situações acontecem a um ritmo diário em Portugal. Ambas defendem que o racismo é "estrutural", ao contrário do que o presidente da República afirmou.

"Em Portugal há um consenso generalizado contra o racismo e a xenofobia", referiu Marcelo Rebelo de Sousa esta segunda-feira, em Idanha-a-Nova. "Não quer dizer que não haja setores racistas e xenófobos. Quer dizer que a maioria esmagadora dos portugueses não é", precisou.

Antes, o chefe de Estado tinha afirmado, através de uma nota oficial, que o racismo é "condenável e intolerável", advogando que o mesmo seja "devidamente punido". No entanto, acrescentou que "não se pode nem deve generalizar", uma vez que Portugal é, "em regra, respeitador" dos direitos dos imigrantes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG