Exclusivo

Causas de morte de 2020 só serão conhecidas em maio do próximo ano

Causas de morte de 2020 só serão conhecidas em maio do próximo ano

As causas de morte do ano passado, que permitirão estudar e compreender o excesso de mortalidade no nosso país, só serão conhecidas em maio de 2022.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) previa lançar hoje os primeiros dados provisórios, mas a Direção-Geral da Saúde (DGS) prolongou o período de codificação. Em 2020, recorde-se, morreram mais de 123 mil pessoas, um recorde pós-1960, quando os dados começaram a ser sistematizados pelo INE.

Os óbitos por causas de morte permitem perceber a evolução da mortalidade em Portugal por patologia, como sejam enfartes, cancro ou AVC. Sendo apuradas com base nos dados do Sistema de Informação dos Certificados de Óbito (SICO).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG