Nacional

CDS diz que Cavaco Silva foi "realista" ao apelar à poupança

CDS diz que Cavaco Silva foi "realista" ao apelar à poupança

O líder parlamentar do CDS/PP, Nuno Magalhães, considerou que o discurso do Presidente da República foi "realista" ao apelar a uma poupança e a uma mudança de estilo de vida.

Para Nuno Magalhães, as palavras de Cavaco Silva durante as cerimónias do 5 de Outubro, que decorreram em Lisboa, foram "diretas, francas e realistas".

O deputado salientou o "apelo ao interesse nacional" feito pelo Presidente da República, mas também da necessidade de produzir e consumir produtos nacionais.

Nuno Magalhães frisou a importância do apelo de Cavaco Silva à solidariedade e à ponderação que deve existir para cumprir os compromissos assumidos "sem pôr em causa o crescimento económico".

"Foi um discurso realista ao afirmar que é preciso poupar e mudar o estilo de vida, enquanto pessoas, famílias e Estado", disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG