Combate ao vírus

CDS-PP defende medidas "cirúrgicas" e "regionais" para não afetar economia

CDS-PP defende medidas "cirúrgicas" e "regionais" para não afetar economia

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, defendeu esta quinta-feira que as medidas de saúde pública que venham a ser adotadas pelo Governo para conter a pandemia devem ser "cirúrgicas" e "regionais", para não prejudicar tanto a economia.

Em declarações aos jornalistas, no final de uma reunião com o presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, o líder do CDS-PP evitou sempre pronunciar-se sobre uma medida como o recolher obrigatório e contrapôs que, antes de tomar medidas restritivas, o Governo deve atuar de forma mais firme na testagem, rastreamento e numa comunicação mais eficaz.

"Primeiro tem de se dotar a saúde pública dos recursos humanos necessários para acautelar a testagem, rastreamento e depois o acompanhamento das cadeias de transmissão, de modo a que possam ser interrompidas. E tem de haver uma comunicação pedagógica que permita restabelecer níveis de confiança de saúde pública, sem cacofonias e incoerências", disse, apontando como exemplo a realização de uma etapa da Fórmula 1 no Algarve num fim de semana e a decisão de interditar a circulação das pessoas entre concelhos no fim de semana seguinte.

Questionado se o partido poderá opor-se a medidas mais restritivas, como o recolher obrigatório ou o regresso ao estado de emergência, Francisco Rodrigues dos Santos disse esperar que não sejam tomadas medidas nacionais.

"Acho que todas as medidas que tiverem de ser adotadas do ponto de vista da saúde pública devem ser cirúrgicas e precisas, ou seja, deve ser privilegiado serem setoriais e regionais e não nacionais para não comprometer a recuperação económica no nosso país", disse, na véspera de ser recebido pelo primeiro-ministro, António Costa, e dois dias antes do Conselho de Ministros extraordinário que deverá tomar "ações imediatas" para conter o aumento de casos de covid-19.

Outras Notícias