Nacional

CDS-PP diz que tinha convicção que Sócrates "tinha vontade" de mudar direcção da TVI

CDS-PP diz que tinha convicção que Sócrates "tinha vontade" de mudar direcção da TVI

O vice-presidente democrata-cristão Diogo Feio afirmou hoje que o CDS-PP "tem há meses" a convicção de que o primeiro-ministro "teria com certeza" vontade de mudar a direcção da TVI e que essa convicção existe independentemente de escutas.

"Hoje temos a convicção que alguns meses tínhamos, que a linha editorial da TVI e a direcção da TVI incomodava o primeiro-ministro, que teria com certeza uma vontade em as mudar, e hoje a linha editorial da TVI é outra e a direcção da TVI é outra.Não comentamos escutas que são publicadas de forma ilegal. Temos respeito pelo princípio do segredo de Justiça", afirmou Diogo Feio.

O eurodeputado do CDS-PP reagia a uma notícia de hoje do semanário Sol segundo a qual "as escutas do processo Face Oculta provam que o primeiro-ministro faltou deliberadamente à verdade quando disse no Parlamento que desconhecia o negócio da compra da TVI pela PT".

Questionado pelos jornalistas, Diogo Feio não pediu mais esclarecimentos ao primeiro-ministro sobre o tema, dizendo apenas que a "questão das suspeitas ou não, depende da consciência de cada um que se vai formando".

"Sobre tudo aquilo que se passou especificamente em relação à TVI temos a nossa consciência formada, não é hoje que a formamos", afirmou.

O dirigente democrata-cristão não quis responder a mais perguntas repetindo que o "CDS não tem por hábito utilizar processos judiciais contra adversários políticos, muito menos escutas que são publicadas em jornal sem autorização judicial".