25 de Abril

CDS destaca do discurso de Marcelo a necessidade de respostas aos populismos

CDS destaca do discurso de Marcelo a necessidade de respostas aos populismos

O CDS-PP fez uma leitura do discurso do Presidente da República na sessão solene do 25 de Abril em que destacou a necessidade de reforma permanente das democracias como resposta eficaz às ameaças e populismos.

"O senhor presidente da República alertou também para a necessidade de as democracias se irem reformando e isso é também algo muito importante. O sistema político combate mais eficazmente os populismos, combate mais eficazmente as ameaças à democracia, se se conseguir atualizar e reformar. Essa é uma necessidade permanente para a qual o CDS está muito disponível", afirmou o porta-voz do partido, João Almeida.

Falando aos jornalistas, na Assembleia da República, o dirigente e deputado centrista disse que a abertura do CDS também passa por uma eventual revisão das leis eleitorais, ressalvando que essa discussão pode e deve ser tida "em cima de eleições", como atualmente, numa referência às europeias, regionais da Madeira e legislativas de 2019.

Das reflexões de Marcelo Rebelo de Sousa, o CDS destacou também a importância de "não haver deslumbramentos" em política, "de não se achar, em momento nenhum, que todas as soluções estão encontradas".

"Isso é importante para o CDS. Nós consideramos que há muito ainda a fazer pelo país, que aquilo que temos neste momento está longe de ser aquilo que podemos ter, e, por isso, o CDS tem feito muitas propostas para que possamos ir mais longe enquanto país", sustentou.

"Isso tem a ver com a segunda reflexão: a necessidade de existirem alternativas, a necessidade de, em política, haver diferentes pontos de vista e haver a discussão democrática entre esses pontos de vista. É por isso que o CDS entende, enquanto oposição, como muito importante o papel que tem, propondo alternativas às políticas deste Governo e permitindo essa discussão", acrescentou.

João Almeida apontou para a necessidade de reforço da participação em eleições: "Temos de perceber que, seja pelo sistema político, seja pelo sistema eleitoral, seja pela atratividade das mensagens políticas, temos de ser capazes de trazer de novo as pessoas a essa participação".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG