Santuário

Celebrações do 13 de Outubro em Fátima limitadas a seis mil peregrinos

Celebrações do 13 de Outubro em Fátima limitadas a seis mil peregrinos

As medidas adicionais ao plano de contingência, aprovadas pela Direção-Geral de Saúde, vão restringir a um máximo de seis mil o número de peregrinos que podem participar nas celebrações religiosas do 12 e 13 de outubro, no Santuário de Fátima.

Para evitar aglomerações no exterior do recinto, o fluxo de visitantes vai ser monitorizado nos acessos à Cova da Iria, pelas forças de segurança.

As novas regras para a última grande peregrinação do ano a Fátima foram divulgadas ontem pelos responsáveis do templo mariano e preveem a colocação de marcações circulares no piso do recinto de oração, para que, em média, esteja uma pessoa por cada oito metros quadrados. Alguns espaços, suscetíveis de aglomerações, serão vedados ao público.

Segundo a nota enviada às redações, o uso de máscara será obrigatório e serão criadas oito entradas específicas para o acesso ao recinto, onde os peregrinos terão que circular pelos corredores assinalados.

Durante as celebrações, "todos os movimentos serão constantemente monitorizados através dos meios de videovigilância, de modo a permitir em tempo real, decisões que sejam necessárias para controlo de situações de potencial risco", refere o comunicado.

O Santuário justifica estas medidas restritivas com a necessidade de proteger a saúde dos peregrinos e de todos quantos ali trabalham, tendo em conta a situação epidemiológica atual. E anuncia também o reforço da sinalética no complexo religioso, com informações mais específicas para esta peregrinação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG