O Jogo ao Vivo

Pandemia

Centros de vacinação com animação infantil

Centros de vacinação com animação infantil

Câmaras mudam decoração e ambiente dos espaços de vacinação nos próximos dias.

A poucos dias de iniciar a imunização das crianças de 10 e 11 anos em Portugal Continental (já começou na Madeira), algumas câmaras municipais e agrupamentos de centros de saúde vão criar iniciativas para descontrair os mais novos no momento de receber a primeira dose contra a covid-19. As estratégias passam pela mudança de decoração, animadores e até a oferta de brindes.

Em Viana do Castelo, o centro de vacinação vai ter um espaço com animação para crianças e decoração alusiva, eventualmente com algumas ofertas. O mesmo se passará em São João da Madeira, no centro de vacinação instalado nas instalações da Oliva Creative Factory, que vai mudar a decoração e passar alguns vídeos de animação infantil.

Mais para o sul do país, no Algarve, alguns municípios estão a equacionar atividades lúdicas com animadores socioculturais. Enquanto os centros de vacinação preparam-se para oferecer brindes e sonorizar os espaços com música.

Em Castelo Branco, Viseu, Bragança, Matosinhos e Moita, os pormenores ainda estão a ser afinados para o próximo fim de semana. No entanto, já se sabe que estão previstas algumas atividades para os mais novos. Já em Espinho, Coimbra, Póvoa de Varzim e Vila do Conde, não há qualquer alteração prevista. O objetivo é ter as crianças "o menos tempo possível" naquele espaço, disse fonte da câmara de Espinho ao JN.

Ambiente descontraído

Já pela capital, o município lisboeta anunciou estar a fazer "ajustes nos centros municipais de vacinação", para que o "processo com as crianças decorra em ambiente mais descontraído, onde estas se sintam bem, seguras e confortáveis".

PUB

No Porto, fonte da câmara disse não ter sido solicitado "qualquer aumento de capacidade ou de criação de novas estruturas", já que os centros são geridos e operacionalizados pelos agrupamentos de centros de saúde

Em resposta ao JN, a autarquia relembra que tem disponível um serviço de táxi com o custo de dois euros (por viagem) para os munícipes que sejam convocados para a vacinação, podendo ser acompanhados por um familiar ou cuidador.

Durante a tarde de terça-feira, a Madeira começou a vacinar as crianças entre os 5 e os 11 anos. Para descontrair os mais novos e também os pais, no centro de vacinação no Funchal, houve atuações infantis e a transmissão de desenhos animados num grande monitor.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG