Exclusivo

Cerca de metade dos pobres em Portugal está a trabalhar

Cerca de metade dos pobres em Portugal está a trabalhar

"Trabalho, Pobreza e Desigualdades" foi o tema dos "Diálogos sobre a pobreza", que decorreram este sábado em Aveiro

Apesar de a população desempregada ser a que tem maior risco de ser pobre, o certo é que cerca de metade das pessoas que estão risco de pobreza, em Portugal, encontra-se a trabalhar. Os dados, baseados nos rendimentos de 2019, foram divulgados, este sábado, pela Rede Europeia Anti-Pobreza (EAPN) Portugal, no seminário "Trabalho, Pobreza e Desigualdades", que teve lugar na Universidade de Aveiro.

"Em Portugal, a pobreza anda de mãos dadas com baixos salários e baixos rendimentos de trabalho", explicou Elizabeth Santos, socióloga que elaborou o documento que esteve em debate em mais uma sessão dos "Debates sobre a pobreza". "Se olharmos para a população em risco de pobreza com idade entre os 18 e os 64 anos, verificamos que, segundo os rendimentos de 2019, 46,5% estava a trabalhar, 1,2% eram trabalhadores por conta de outrem e 15% eram outros trabalhadores", adiantou a investigadora.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG