O Jogo ao Vivo

Projeto

CESPU com apoio a vítimas de violência na intimidade

CESPU com apoio a vítimas de violência na intimidade

O Instituto Universitário de Ciências da Saúde, em Gandra, criou um projeto que visa "combater e prevenir situações de violência no contexto familiar e na intimidade".

A ideia do instituto, pertencente à Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU), consiste em dar "apoio psicossocial e psicológico" às vítimas. Destinado tanto aos estudantes como à comunidade, é gratuito e começou a funcionar esta sexta-feira.

Em comunicado, a CESPU descreve o recém-criado Serviço de Apoio e Informação a Vítimas (SAIV) como um projeto "pioneiro numa instituição de ensino superior em Portugal". Integrado na Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, o SAIV ajudará a "atender, apoiar e encaminhar" as pessoas visadas para outras estruturas integradas na Rede, contribuindo assim para uma resposta "mais célere e eficaz".

Presencial e à distância

O apoio será prestado tanto presencialmente como à distância - neste caso "através de e-mail e telefone" - e "sempre gratuitamente", anunciou a CESPU. Em paralelo, o SAIV irá ainda promover ações de sensibilização sobre violência doméstica.

O serviço foi apresentado na passada quarta-feira, numa cerimónia protocolar entre o CESPU e o município de Paredes. Irá funcionar de segunda a sexta-feira, entre as 9 e as 17 horas, nas instalações do CESPU.

As marcações podem ser efetuadas pelo telefone 224157270 e por mail servicoapoiovitima@cespu.pt, embora o SAIV também atenda sem a necessidade de marcação prévia.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG